Contenido del artículo principal

Resumen

Introdução: Os enfermeiros que prestam cuidados à pessoa com doença renal crónica em hemodiálise devem ter formação específica em técnicas dialíticas. Assim, os Enfermeiros de Diálise deverão desenvolver competências específicas e diferenciadas ao longo do seu percurso profissional. O b-learning desempenha um papel fundamental na modernização do ensino, tornando-o mais acessível, flexível e adaptado às necessidades dos enfermeiros. Oferece oportunidades para melhorar a qualidade da aprendizagem e promover a colaboração e a inovação no processo educativo.
Objetivos: Os objetivos do estudo foram: avaliar a influência das variáveis sociodemográficas (idade e habilitações literárias) e da formação adquirida (frequência e duração) no perfil de competências e avaliar a eficácia de um programa de formação em técnicas de HD, na perceção de competência do Enfermeiro de Diálise.
Material e Métodos: Estudo quase-experimental, pré e pós-teste, sem grupo controle.
Resultados: A idade, a frequência e a duração da formação influenciam a perceção de competência do enfermeiro de diálise. Os participantes apresentaram uma melhoria significativa em alguns domínios da perceção de competência do Enfermeiro de Diálise após a implementação de um programa de formação em técnicas de HD.
Conclusões: A existência de um programa de formação para Enfermeiros de Diálise, devidamente estruturado e padronizado, é uma mais-valia na aquisição, consolidação e atualização de conhecimentos.

Palabras clave

blended-learning enfermeiro diálise competência formação

Detalles del artículo

Cómo citar
1.
Heleno M, Sousa P, Mata F. Efetividade de um programa de formação b-learning na perceção de competência do enfermeiro de diálise. Estudo quase-experimental. Enferm Nefrol [Internet]. 2024 [consultado 20 Abr 2024];27(1):[aprox. 8 p.]. Disponible en: https://enfermerianefrologica.com/revista/article/view/4600

Referencias

  1. Ordem dos Enfermeiros. Cuidados à Pessoa com Doença Renal Crónica Terminal em Hemodiálise. Guia Orientador de Boa Prática (2016), Vol. 1. Lisboa, Portugal.
  2. Pássaro PG, D’ávila R. Intervenção Educacional de Enfermagem Para a Identificação Dos Eventos Adversos Em Hemodiá-lise. Revista Brasileira Enfermagem. 2018; 71(4):1597-604.
  3. Gillespie BM, Harbeck EB, Falk-Brynhildsen, K.; Nilsson, U. Perceptions of Perioperative Nursing Competence: A Cross-Country Comparison. BMC Nursing. 2018;17(12). DOI: https://doi.org/10.1186/s12912-018-0284-0
  4. Saraiva M, Richards M, Fortnum D. The profile of Nephrology Nursing: the fundamental roles of nephrology nurses caring for individuals with kidney disease, and their families (1ªed.). European Dialysis and Transplant Nurses Association/ Eu-ropean Renal Care Association (EDTNA/ERCA). 2018; Sweden:EDTNA/ERCA.
  5. Thomas A, Silver SA, Rathe A, Robinson P, Wald R, Bell CM, et al. Feasibility of a Hemodialysis Safety Check-list for Nurses and Patients: A Quality Improvement Study. Clinical Kidney Journal. 2016;9(3):335–42. DOI: https://doi.org/10.1093/ckj/sfw019
  6. Billings DM, Halstead JA. Teaching in nursing: A guide for faculty. Elsevier 2020.
  7. Leidl DM, Ritchie L, Moslemi N. Blended learning in undergraduate nursing education. A scoping review. Nurse Educ Today. 2020;86:104318. DOI: https://doi.org/10.1016/j.nedt.2019.104318
  8. Direção-Geral da Saúde. Manual de Standards: Unidades de Gestão Clínica. 2017;Lisboa, Portugal: Departamento da Qualidade na Saúde.
  9. Bakey S.J. Evaluation of Nurses’ Practices throughout Hemodialysis Treatment for Patients in Hemodialysis Unit at Bagh-dad Teaching Hospitals. Kufa Journal for Nursing Sciences. 2014;2(2):1–16. DOI: https://doi.org/10.36321/kjns.vi20122.2985
  10. Manandhar DN, Chhetri PK, Poudel P, Baidya SK. Knowledge and Practice of Hemodialysis amongst Dialysis Nurses. Journal of the Nepal Medical Association. 2017;56(207):346–51. DOI: https://doi.org/10.31729/jnma.3244
  11. Lamb PC, Norton C. Nurses Experiences of Using Clinical Competencies a Qualitative Study. Nurse Education in Practice. 2018;31:177–81. DOI: https://doi.org/10.1016/j.nepr.2018.06.006
  12. Saleh MS, Ali JS, Afifi WA. Nurses Compliance to Standards of Nursing Care for Hemodialysis Patients: Educational and Training Intervention. Journal of Nursing and Health Science. 2018;7(2):48-60.
  13. Kersten M, Vincent-Höper S, Krampitz H, Nienhaus A. Development and Evaluation of a Training Program for Dialysis Nurses - An Intervention Study. Journal of Occupational Medicine and Toxicology. 2019;14(1):1-10. DOI: https://doi.org/10.1186/s12995-019-0223-3
  14. Novita N, Prasetyo R. The Influence of Nurse Competence and Performance on Quality of Service and Patient Satisfaction. KnE Life Sciences. 2022;619-28. DOI: https://doi.org/10.18502/kls.v7i2.10362